Total de visualizações de página

domingo, 11 de maio de 2014

OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE POLÍCIA MILITAR, POLÍCIA CIVIL , VIGILÂNCIA SANITÁRIA E DEPARTAMENTO DE POSTURAS INTERDITA SEIS ESTABELECIMENTOS

Major Daniel explica às equipes os procedimentos a serem executados na operação























































































A Vigilância Sanitária de Itumbiara integrou, na noite da última sexta-feira (9/5), uma equipe comandada pelo Tenente Coronel Adalberto Quixabeira, comandante do 5ºBPM e, também, pelo Major Daniel, responsável pela operação, juntamente com o Delegado de Polícia Civil, Dr. Lucas Finholdt , contando, ainda, com fiscais do Departamento de Posturas, o que acabou culminando com a interdição de seis estabelecimentos, dos dezesseis visitados, que estavam comercializando bebidas alcoólicas e/ou alimentos sem observar a legislação sanitária preconizada para estas atividades comerciais.
A Polícia Militar e Polícia Civil se incumbiram das ações relacionadas ao combate à criminalidade, revistando pessoas e locais em busca de armas e drogas; à Vigilância Sanitária ficou reservado o papel de verificar as instalações físicas dos estabelecimentos, condições de funcionamento dos locais quanto aos aspectos higiênico-sanitários, armazenamento e conservação alimentos, prazos de validade de produtos e a existência de Alvará de Vigilância Sanitária, documento imprescindível e necessário para o exercício de qualquer atividade em nosso município; já o Departamento de Posturas, ocupou-se da verificação de documentação relativa ao Alvará de Funcionamento e do cumprimento do Código de Posturas do Município de Itumbiara.
O itinerário cumprido na operação buscou priorizar estabelecimentos localizados geograficamente em áreas, ou imediações destas, onde as manchas criminais são mais evidentes e o histórico e frequência com que são citados em boletins de ocorrência, registrados no dia a dia do trabalho da polícia, tem impressionado e trazido bastante preocupação à população itumbiarense.
A realidade encontrada na grande maioria dos locais visitados acabou revelando não só infrações sanitárias graves e o absoluto descaso em relação a normas básicas de higiene, mas, também, em alguns casos, algo muito pior, com o lado sombrio da noite revelando a degradação humana, moral e física, em estágios avançados, com pessoas reunidas em verdadeiras confrarias sob o efeito de bebidas alcoólicas e do uso e abuso de drogas, onde, sob a fachada de estabelecimentos comerciais, eram acobertados e favorecidos o tráfico de drogas e a prostituição, esta última consumada em quartos infectos e nauseabundos.
É determinação do Prefeito de Itumbiara, Francisco Domingues de Faria, o Chico Balla e, também, do Secretário de Saúde, Dr. Wanderlei Domingos da Costa Júnior, que a Vigilância Sanitária de Itumbiara esteja preparada e à disposição, tanto do comando da Polícia Militar quanto da Polícia Civil, para atendê-las, secundando–as nas ações que busquem servir à nossa sociedade na tarefa que lhe cabe desempenhar, dentro do escopo e do âmbito de suas atribuições, aplicando, com  rigor, o disposto na Lei Sanitária do Município de Itumbiara (Lei 2.833/2003).

Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara



Nenhum comentário:

Postar um comentário