Total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

PROLIFERAÇÃO DE ESCORPIÕES AMEDRONTA MORADORES DE ITUMBIARA

Dr. Celso Borges Jr. com escorpião capturado em construção na Av. Novacap em Itumbiara
Vigilância Sanitária fez uma varredura no alto da torre da edificação
Vista das torres da edificação

A presença de escorpiões na área de uma obra em construção na Avenida Novacap, no bairro Alto da Boa Vista, em Itumbiara, tem deixado os moradores assustados e amedrontados diante da possibilidade de que acidentes graves, e até fatais, possam vir a ocorrer caso alguém venha a ser picado.
A edificação, bastante pitoresca, chama a atenção pela imponência arquitetônica, despertando um misto de curiosidade e admiração de quem passa pela rua. Entretanto, para a vizinhança, tem trazido transtornos e apreensão por conta da quantidade de escorpiões que tem aparecido nas casas em seu derredor.
A Vigilância Sanitária de Itumbiara, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), fez uma intervenção no local, dia 25/10, no sentido de evitar a proliferação destes animais peçonhentos. Sob o comando do Dr. Celso Borges de Almeida Jr., capacitado no manejo de escorpiões pelo Instituto Butantã, formou-se uma equipe do CCZ para combater e instruir a população sobre a melhor forma de se evitar acidentes com esses animais.
Os proprietários de imóveis devem mantê-los limpos, sem restos de construção como, por exemplo, tijolos, madeiras, telhas e outros tipos de entulho, evitando que se transformem em locais que facilitem a reprodução destes animais.
No âmbito doméstico, deve-se manter as camas afastadas da parede, não deixar que os lençóis fiquem encostados no piso, combater as baratas, que são um dos alimentos prediletos dos escorpiões e, ainda, colocar ralos escamoteáveis nos banheiros, fechando-os após o uso, para que os escorpiões não adentrem o lar pela rede de esgoto. Em caso de acidente procurar assistência médica imediatamente.

Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara

Nenhum comentário:

Postar um comentário