Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

DENGUE - OFICINA INFESTADA DE CRIADOUROS DO MOSQUITO DA DENGUE E RESIDÊNCIA COM TONELADAS DE LIXO AUMENTAM O RISCO DE EPIDEMIA DE DENGUE EM ITUMBIARA



A Vigilância Sanitária de Itumbiara autuou neste dia 23/1/2013 uma oficina mecânica infestada de criadouros e focos do mosquito da dengue, localizada no cruzamento da Rua 8 com Rua 11, Bairro Santos Dumont, em Itumbiara. No local existe diversos materiais e utensílios acumulando água, espalhados em áreas descobertas, facilitando a procriação do mosquito Aedes aegypti e propiciando a disseminação da dengue em nossa cidade.
Além desta ocorrência, outra, também nesta terça-feira (23/1/2013), foi alvo da ação da Vigilância Sanitária de Itumbiara, quando mais de 2 toneladas de entulho, misturados à garrafas pet e material orgânico em decomposição, foram retirados de uma residência na Rua Clepino de Araújo, Bairro Alto da Boa Vista, em Itumbiara, demandando o carregamento de 4 caminhões para fazer toda a retirada do lixo. O problema, que vinha sendo motivo de reiteradas reclamações junto à Vigilância Sanitária, motivou a autuação da moradora, que foi intimada a fazer a retirada de todo o material, além de receber um auto de infração por infringir o artigo 108 da Lei Municipal 2.833/2003, conforme verifica-se abaixo:
Art. 108.  Os estabelecimentos comerciais ou industriais, as habitações, os terrenos não edificados e construções em geral obedecerão aos seguintes requisitos mínimos de higiene e conforto indispensáveis à proteção da saúde.
INCISO V - os quintais e jardins serão mantidos sempre limpos;
INCISO XVII - os materiais e utensílios que possam acumular água serão eliminados ou mantidos em áreas cobertas.

Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara

Nenhum comentário:

Postar um comentário