Total de visualizações de página

sábado, 13 de outubro de 2012

VIGILÂNCIA SANITÁRIA FISCALIZA E INTERDITA ACADEMIAS IRREGULARES EM ITUMBIARA


Com o aumento da expectativa de vida das pessoas a sociedade contemporânea vem demonstrando uma preocupação muito maior com a estética, com a saúde e com a qualidade de vida do que há alguns anos. Segundo a ACAD (Associação Brasileira de Academias) existem no País cerca de 9.000 academias de ginástica e, entre estas, 4.800 estão cadastradas na associação nacional que representa o setor. Segundo essa entidade, o setor de Academias de Ginástica no Brasil a atende 1,7% da população representando um público de 2,8 milhões de pessoas.
           Sendo assim, a Vigilância Sanitária de Itumbiara vem realizando, desde o dia 4/10/2012, uma extensa fiscalização nas academias de ginástica de Itumbiara para verificar a presença do Educador Físico, enquanto responsável técnico legalmente habilitado, durante o horário de funcionamento para a prestação de serviços destes estabelecimentos.
           Segundo o artigo 115 da Lei Estadual 16.140/2007, os estabelecimentos de lazer e diversão, ginástica e práticas desportivas são estabelecimentos sujeitos ao controle e à fiscalização sanitária, sendo que, as academias de ginástica, consoante o artigo 124 da lei supracitada, somente funcionarão com a presença do responsável técnico ou de seu substituto legal.
           Infelizmente algumas academias vinham funcionando sem a presença do Educador Físico, além de não possuírem o Alvará de Vigilância Sanitária, configurando, portanto, uma infração sanitária de consequências graves, que acabou culminando com a interdição de três delas.
           A Vigilância Sanitária de Itumbiara esclarece aos proprietários destes estabelecimentos para que somente iniciem e exerçam suas atividades quando estiverem regularizados e com todos os documentos exigidos para a prestação deste tipo de serviço (certificado de regularidade junto Conselho Regional de Educação Física com o respectivo responsável técnico, Alvará de Vigilância Sanitária etc.). Além disso, recomenda-se aos praticantes de atividades físicas para que atentem às condições de higiene e limpeza destes locais, observando, ainda, se o estabelecimento possui o profissional Educador Físico, bem como os documentos acima citados, exigidos para pela legislação sanitária.
 
 Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
 Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário