Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

ENTREVISTA - DIRETOR DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA FALA SOBRE AÇÕES REALIZADAS EM ITUMBIARA


Divulgar as ações desenvolvidas pela Vigilância Sanitária de Itumbiara sempre foi um compromisso que assumimos desde quando fomos convidados para a diretoria deste órgão da municipalidade, vislumbrando, pela veiculação através dos vários canais da imprensa, uma maior interação entre a Vigilância Sanitária de Itumbiara e os cidadãos de nossa cidade. Esta sintonia é imprescindível, já que a Vigilância Sanitária não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo, sendo importantíssimas as denúncias que recebe quando qualquer pessoa perceba problemas sanitários decorrentes das relações de consumo de bens e serviços levados a efeito no seu cotidiano.
            Estamos caminhando também, na direção da consolidação de parcerias e cooperações técnicas entre as diversas instituições estabelecidas em nossa cidade, empresariais e educacionais, para, desta forma, colocando a força de nossa economia e o conhecimento científico juntos, encontrarmos soluções para questões que nos dizem respeito mais de perto.
          Elegemos a comunidade a que servimos como centro de nossas atenções e preocupações, orientando e valorizando os diversos setores ligados intrinsecamente à saúde e à qualidade de vida de nossa população, sendo, portanto, imperioso a constante divulgação de todas as ações que vem sendo realizadas, as quais buscamos veicular, regularmente, por todos os meios em disponíveis à nossa população.
 
                                                                         Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara
 

domingo, 21 de outubro de 2012

CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES TRATA E DEVOLVE ONÇA SUÇUARANA À NATUREZA





O Centro de Controle de Zoonoses de Itumbiara, através do Dr. Celso Borges de Almeida Jr. participou da captura e posterior devolução à natureza de uma onça suçuarana que foi encontrada por um morador do setor Vila de Furnas, em Itumbiara, após ter adentrado o quintal da residência e se refugiado em um dos cômodos da casa.
O fato, inusitado, além de curioso, expõe, para reflexão, a ação do homem sobre a natureza, ao prejudicar o equilíbrio de ecossistemas onde esses animais teriam comida farta e poderiam sobreviver, mantendo-se, assim, afastados da cidade e do contato com o homem.
Entretanto, o desmatamento e a cultura predominante da cana-de-açúcar em nossa região, interferem em toda cadeia alimentar e faz com estes animais predadores não encontrem o alimento (notadamente animais herbívoros de pequeno porte) necessário ao seu sustento, o que acaba forçando-os a procurá-lo em locais habitados, expondo-os ainda mais nessa luta pela sobrevivência. Felizmente que, desta vez, a consciência ecológica e ambiental do morador, ao acionar as instâncias competentes, impediu que algo de ruim pudesse acontecer ao animal, que somente chegou até ali porque buscava alimento para sua sobrevivência.
O animal foi conduzido até o Centro de Controle de Zoonoses onde, após repousar e receber os cuidados do médico-veterinário, bem como com a alimentação necessária, terminou sendo solto às margens do Rio Meia Ponte, no município de Itumbiara.


Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara

sábado, 13 de outubro de 2012

VIGILÂNCIA SANITÁRIA FISCALIZA E INTERDITA ACADEMIAS IRREGULARES EM ITUMBIARA


Com o aumento da expectativa de vida das pessoas a sociedade contemporânea vem demonstrando uma preocupação muito maior com a estética, com a saúde e com a qualidade de vida do que há alguns anos. Segundo a ACAD (Associação Brasileira de Academias) existem no País cerca de 9.000 academias de ginástica e, entre estas, 4.800 estão cadastradas na associação nacional que representa o setor. Segundo essa entidade, o setor de Academias de Ginástica no Brasil a atende 1,7% da população representando um público de 2,8 milhões de pessoas.
           Sendo assim, a Vigilância Sanitária de Itumbiara vem realizando, desde o dia 4/10/2012, uma extensa fiscalização nas academias de ginástica de Itumbiara para verificar a presença do Educador Físico, enquanto responsável técnico legalmente habilitado, durante o horário de funcionamento para a prestação de serviços destes estabelecimentos.
           Segundo o artigo 115 da Lei Estadual 16.140/2007, os estabelecimentos de lazer e diversão, ginástica e práticas desportivas são estabelecimentos sujeitos ao controle e à fiscalização sanitária, sendo que, as academias de ginástica, consoante o artigo 124 da lei supracitada, somente funcionarão com a presença do responsável técnico ou de seu substituto legal.
           Infelizmente algumas academias vinham funcionando sem a presença do Educador Físico, além de não possuírem o Alvará de Vigilância Sanitária, configurando, portanto, uma infração sanitária de consequências graves, que acabou culminando com a interdição de três delas.
           A Vigilância Sanitária de Itumbiara esclarece aos proprietários destes estabelecimentos para que somente iniciem e exerçam suas atividades quando estiverem regularizados e com todos os documentos exigidos para a prestação deste tipo de serviço (certificado de regularidade junto Conselho Regional de Educação Física com o respectivo responsável técnico, Alvará de Vigilância Sanitária etc.). Além disso, recomenda-se aos praticantes de atividades físicas para que atentem às condições de higiene e limpeza destes locais, observando, ainda, se o estabelecimento possui o profissional Educador Físico, bem como os documentos acima citados, exigidos para pela legislação sanitária.
 
 Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
 Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara
 

AÇÕES DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA - SETEMBRO DE 2012

                                                   
Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara

terça-feira, 9 de outubro de 2012

VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE ITUMBIARA VAI PUBLICAR O "MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS" EDIÇÃO 2012


A Vigilância Sanitária de Itumbiara comunica que está desenvolvendo um trabalho para viabilizar a publicação do "Manual de Boas Práticas de Manipulação de Alimentos", conforme autorização concedida pela COVISA (Coordenação de Vigilância em Saúde), que é a responsável pela Vigilância Sanitária da Cidade de São Paulo, à Vigilância Sanitária de Itumbiara.
           Sendo assim estão convidados todos os segmentos empresariais que tenham interesse e queiram contribuir para que esta publicação venha a lume e possa ser distribuída a todos os setores que tratam e lidam com alimentação, ou com temas a ela relacionados, em nossa cidade. A contrapartida a esse patrocínio se dará com a impressão da logomarca da empresa interessada na contracapa da publicação e posterior divulgação junto a todos os segmentos por ela abrangidos.
           Esta obra é uma referência para todos aqueles que desejam se informar e adquirir conhecimentos sobre as recomendações e exigências higiênico-sanitárias que dizem respeito ao setor de alimentação, sejam eles restaurantes, churrascarias, lanchonetes, cantinas escolares ( incluindo-se aí o preparo da merenda escolar), bares, hotéis; enfim, todos os estabelecimentos onde se preparem e/ou comercializem alimentos.
           Os interessados em participar e saber mais sobre este projeto devem procurar a Vigilância Sanitária de Itumbiara, localizada à Rua Marechal Deodoro nº180 – Setor Central, ou pelo telefone (64)3433-0498, até o dia 20/10/2012.
 
                                                         Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
                                                Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara