Total de visualizações de página

terça-feira, 15 de maio de 2012

RECOMENDAÇÕES SOBRE A PROMOÇÃO DE ALIMENTOS E BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS PARA CRIANÇAS

Esta publicação trata da necessidade de uma ação global para reduzir o impacto da publicidade infantil de alimentos com alto teor de gorduras saturadas, gorduras trans, açúcares e sal. O texto foi elaborado para facilitar os processos e mecanismos políticos para alcançar essa meta, de acordo com dois documentos básicos contidos nesta publicação: as recomendações sobre a promoção de alimentos e bebidas não alcoólicas para crianças e a resolução que aprova essas recomendações.
O presente trabalho reflete o crescente reconhecimento, na última década, da importância de se discutir sobre as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs). Essa preocupação está mais diretamente expressa no “plano de ação para a estratégia global para a prevenção e o controle de DCNTs” (2008-2013), corroborado pela 61ª Assembléia Mundial de Saúde, ocorrida em maio de 2008 (resolução WHA61.14). O primeiro passo para a concretização desse plano foi a criação da estrutura política da estratégia global, em maio de 2000. Na ocasião, o Diretor Geral da OMS seguiu dando prioridade à prevenção e controle de DCNTs (resolução WHA53.17). Conforme solicitado pela 60ª Assembléia Mundial de Saúde, realizada em maio de 2007 (resolução WHA60.23), se preparou um plano de ação de estratégia mundial afim de traduzir essa estratégia em ação concreta.
Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara

Nenhum comentário:

Postar um comentário