Total de visualizações de página

domingo, 13 de maio de 2012

BIOÉTICA E VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Os direitos à vida e à dignidade da pessoa humana constituem eixos centrais na esfera dos estudos bioéticos. Pode-se afirmar que toda conquista científica e tecnológica jamais poderá violar tais direitos fundamentais. Todavia, os dilemas éticos decorrentes da ausência de delimitações precisas sobre moral, ética, vida e morte tornam o assunto altamente complexo.
Se o direito à vida é indiscutível, a defesa da vida enfrenta inúmeros obstáculos em um mundo globalizado, em que grande parte da população vive à margem das conquistas tecnológicas e científicas. Uma das consequências desse cenário é a exclusão farmacoterapêutica nos países do Terceiro Mundo, ao passo que, nos países desenvolvidos, pessoas sofrem por males causados pelo excesso de consumo de fármacos.
Percebe-se, de antemão, a grande importância dessas questões para a saúde pública. Por isso, têm-se travado árduas batalhas entre o desenvolvimento técnico-científico e os valores éticos. Nesse embate de valores, aos quais a pesquisa e a ciência tentam adequar-se, a própria defesa da vida é, inúmeras vezes, antagonizada ao direito à vida, a exemplo dos estudos envolvendo a manipulação genética.
Por serem discussões relevantes a toda a humanidade, torna-se crucial que se definam os valores e atitudes que devem permear a atividade médica, a pesquisa, as práticas científicas, as políticas públicas e as leis que regulam o mercado. Definições que garantam o direito à vida em todos os lugares do globo.
A obra Bioética e Vigilância Sanitária é uma rica fonte de estudos na busca de soluções para diversos dilemas éticos enfrentados no âmbito da saúde pública. Obra que contribui para que todos nós, legisladores, governantes, empresários, profissionais de saúde, acadêmicos e pesquisadores possamos promover o avanço do desenvolvimento humano com responsabilidade social, ética, segurança e igualdade. (Arlindo Chinaglia)
Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Dr. Hebert Andrade Ribeiro Filho
Diretor de Vigilância Sanitária de Itumbiara

Nenhum comentário:

Postar um comentário